Tattoo: conheça 3 estilos de tatuagem e inspire-se

Categorias Beleza, Sem categoria

Olá Universo!

Pode até parecer que a tattoo é algo bastante atual e moderno. Mas engana-se quem pensa assim. A tatuagem é uma arte milenar que sempre esteve presente na cultura de muitos povos.

No Oriente, a tatuagem vai muito além da estética. Os desenhos são sagrados e bastante comuns em muitas civilizações. Na Tailândia, por exemplo, há pelo menos 2.000 anos, os próprios monges budistas são ensinados à tatuar as pessoas usando bambu ou uma agulha de metal comprida chamada khem sak.

Esse tipo de tatuagem extremamente tradicional e artesanal é chamada de Sak Yant. Nela, os desenhos incorporam salmos budistas e demais representações que evocam proteção e bênçãos.

Tendo como inspiração esse modo mais rudimentar de tatuar, a arte de desenhar e pintar permanentemente o corpo tomou o mundo todo, caindo no gosto dos modernos e corajosos. Hoje, existem diversas técnicas e designs diferentes.

Quer saber um pouco mais sobre a tattoo contemporânea? Confira 3 estilos de tatuagem para te inspirar!

Old school

O old school é um dos estilos de tatuagem mais famosos e tradicionais do mundo ocidental. Com contornos pretos e uma paleta de cores limitada, esse tipo de tattoo ainda inspira as novas referências com seu desenho mais forte e formas bastante simples.

Essa escola de tatuagem começou a fazer sucesso nos Estados Unidos entre a década de 20 e 30. Na época, essa arte era bastante mal vista, sendo associada aos marinheiros, dançarinas de bordel, fuzileiros navais, piratas e rebeldes da boêmia.

Para falar de old school é necessário apresentar seu maior artista: Norman Collins (1911-1973), popularmente conhecido como Sailor Jerry. Ele foi o grande percursor do estilo e o responsável por muitos designs de âncoras, sereias, caveiras, rosas, navios e andorinhas que até hoje são tatuados por aí.

Desenhos feitos por Sailor Jerry

A temática desses desenhos não ocorria por acaso. Eles remetiam à vida dos marinheiros e soldados que vivam se aventurando ao cruzar os oceanos. Inclusive, muitos desses homens buscaram Sailor Jerry para fazer suas tatuagens e eternizar na pele os medos, conquistas e delícias da vida incerta dos mares e guerras.

Marinheiros tatuados da década de 20

Na década de 50, o estilo rockabilly de Elvis Presley e Johnny Cash revolucionou a história do rock, influenciou a moda com o surgimento do pin up e conversou com o estilo old school das tattoos.

Nos anos 50, o old school era um dos estilos de tatuagem mais famosos pelos roqueiros e roqueiras, sendo quase uma tendência única entre eles.

Aquarela

Se no tempo do old school ela era bastante marginalizada, hoje em dia a arte da tattoo está se popularizando cada dia mais. Com o maior reconhecimento, novas técnicas vão surgindo, e a aquarela é um desses estilos de tatuagem bastante criativos e ligados à um conceito mais artístico de riscar a pele.

A técnica, como o próprio nome diz, consiste em imitar a pintura em aquarela, realizando pinceladas, manchas e degradês de cores que vão se transformando em desenhos. A ideia dessa tattoo é buscar efeitos e respingos que façam uma fusão de cores.

Alguns desenhos ficam bem bonitos com essa técnica, como os animais e flores que dão bastante margem para o uso de cores. Contudo, o design é bem livre, qualquer tipo de símbolo pode receber aquarela, até mesmo os mais pequenos e delicados, incluindo também as frases.

Fine line

“Fine line” é um termo em inglês que significa “linha fina”. Essa é a ideia por trás de um dos estilos de tatuagem mais delicado e complexo de fazer. Muitos tatuadores dizem que o fine line requer bastante atenção, afinal, essa técnica preza pelo traço sutil, preciso e simétrico.

O conceito desse estilo está justamente na sutileza, dando uma ideia de leveza e simplicidade para a tatuagem.

Portanto, com certeza o fine line é indicado para quem não curte tattoos muito grandes e agressivas, visto que elas são mais discretas. Inspirado no conceito minimalista, o fine line encanta quem preza pelos detalhes.

Muito por conta dessa ideia minimalista, é comum o uso dessa técnica para o design de mandalas que são desenhos bastante complexos. Porém, o traço fino é usado amplamente, em diversos tipos de arte.


Deixe um comentário contando qual é o seu estilo favorito de tatuagem, nós adoraríamos saber! E não se esquece de nos seguir nas redes sociais para não perder nenhuma novidade do blog 😉

Nos ajude a chegar na nossa meta de 300 seguidores no Pinterest e 400 no Insta, estamos quase lá!!!

Instagram: @universodeinspiracao e @meuclosetmasculino

Facebook: facebook.com/universodeinspiracao

Twitter e Pinterest: @deinspiracao

Spotify: @universoinspiracao

Fotos: Pinterest.

Por: Beatriz Mazzei.

Stefani Oliveira
Tem 18 anos, cursa arquitetura e não vive sem música e animais. Nas horas vagas devora livros, desenha rostos e organiza coisas.

Deixe uma resposta