As vantagens do óleo de banho

Categorias Beleza

Tenho certeza que quem já experimentou o óleo de banho e aprovou, vai concordar comigo. São várias as vantagens do uso, sem falar que ele é a salvação quando estamos sem tempo de hidratar a pele.

Infelizmente, aquela sensação de maciez e frescor que o hidratante deixa depois de aplica-lo não dura muito, assim como o cheiro que vai se esgotando com o tempo.

E quem não deixa de passar hidratante quando está muito frio? A pele acaba ficando mais ressecada por conta da água quente e sem uma hidratação adequada a coisa só piora.

Então é nesta hora que entra em cena o óleo de banho, com seus ingredientes emolientes oclusivos que evitam a evaporação da água. Eles criam uma barreira na pele, evitando que ela perca água, o que, segundo dermatologistas, é uma forma de hidratação.

É importante uma aplicação correta do produto para ter resultados satisfatórios, pois, caso contrário, a pele pode ficar oleosa ou com cheiro forte e isso ninguém quer, certo? Então, quando estiver no banho, depois de lavar o corpo com sabonete, espalhe o óleo por todo o corpo com movimentos circulares, massageando, depois retire o excesso.

Existem diversos tipos de óleo de banho no mercado, e cada um com uma finalidade. Como por exemplo, óleos trifásicos e óleos regulares, óleo natural e mineral, alguns tem função nutritiva, revitalizante, relaxante, entre outros. Eu já usei um trifásico da Natura e Regular da Boticário, não lembro se eram naturais ou minerais, mas os dois são ótimos e não consegui decidir qual dos dois é melhor.

Lembrando que o óleo não substitui o hidratante, os dois tem funções diferentes, mas podem ser utilizados no mesmo dia, turbinando a hidratação da sua pele. É recomendado a utilização de 4 ou 5 dias, dependendo da necessidade da sua pele.

O resultado é uma pele impecável, com toque suave e cheirosa por mais tempo. Quem não quer?

 

Já conhecia óleos de banho? Gostou do resultado? Deixe um comentário contando pra gente.

Stefani Oliveira
Tem 18 anos, cursa arquitetura e não vive sem música e animais. Nas horas vagas devora livros, desenha rostos e organiza coisas.

Deixe uma resposta