Dez livros que já li e recomendo – Parte 1

Categorias Literatura

Esse é a primeira parte de uma ideia que nós do Universo de Inspiração tivemos, uma pequena série que se chama Dez livros que já li e recomendo, como diz no titulo, e com ela nós queremos incentivar a leitura e nem precisamos comentar o quanto isso é importante, não é mesmo?

E eu, Stefani, que vou iniciar esse pequeno projeto. Abaixo listei alguns dos livros que já li no decorrer dos últimos anos e que acho que vale muito a pena ler.

Amy e Matthew – Cammie McGovern

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou. E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.

Saraiva – R$ 30,10

Um livro muito especial com uma história muito especial, mostra que independente de seu problema parecer menor do que o de outras pessoas não significa que ele seja mais fácil de lidar.

 

A probabilidade do amor a primeira vista – Jennifer E. Smith

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, a probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Saraiva – R$ 22,40

Leve e envolvente, você ira devorar o livro em pouco tempo, e é exatamente esse o ponte de reflexão do livro, o tempo e como ele pode mudar nossa vida.

 

A vantagens de ser invisível – Stephen Chbosky

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe – a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.

As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.

Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Saraiva – R$ 16,90

Um livro incrível, sempre recomendo para meus amigos que ainda não o leram. Charlie é um personagem apaixonante, a inocência dele é fascinante e a cada pagina é uma nova descoberta que acompanhamos com ele. O filme também é incrível!

 

A verdade sobre nós – Amanda Grace

Dex livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona.

Saraiva – 17,91

Confesso que tinha um certo preconceito com livros desse tipo, de que conta a relação de aluna com professor, achava que todos são iguais até ler esse. Gosto especialmente por não terminar do jeito que eu achei que ia terminar, surpreendente.

Belo Desastre – Jamie Mcguire

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Saraiva – R$ 26,80

Li este em dois dias, simplesmente não conseguia parar de ler. Pode parecer bem clichê, com a mocinha e o bad boy, mas é a história da mocinha com o bad boy mais bem escrita que já li.

 

Claros sinais de loucura – Karen Harrington

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca. Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai, professor, tornou-se alcoólatra.
Fugindo da notoriedade do crime, ele e Sarah já se mudaram de diversas cidades, e a menina jamais se sentiu em casa em nenhuma delas. Com a chegada do verão em que completa doze anos, ela está cada vez mais apreensiva. Sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, já se acha grande demais para passar as férias na casa dos avós, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa pelo primeiro beijo de língua que ainda não aconteceu.
Mas a vida não pode ser só de preocupações, e, entre uma descoberta e outra, Sarah vai perceber que seu verão tem tudo para ser muito mais. Bem como seu futuro.

Saraiva – R$ 19,90

Este é outro livro leve e que você lerá em pouquíssimo tempo. Ele me lembra As vantagens de ser invisível, acredito que por causa das descobertas durante a adolescência e essas coisas. Gosto porque me identifico em alguns pontos, é como se me lembrasse de quando aconteceu comigo, nostalgico.

 

Deixe a neve cair – Lauren Myracle, John Green e Maureen Johnson

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem , mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor , inteligados, com direto a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.

Saraiva – R$ 16,90

Histórias narradas na época de Natal são sempre lindas, emocionantes e Deixe a neve cair cumpri esses requisitos e muitos outros. A trama é toda interligada e é isso que nos motiva a continuar lendo.

 

O futuro de nós dois – Jay Asher e Carolyn Mackler

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no Facebook, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir…

Saraiva – R$ 39,90

Um dos últimos livros que li, é bem intrigante e engraçado. Ofato deles acharem o Facebook uma coisa completamente sem sentido e de como isso é normal para nós hoje em dia.

 

O lado bom da vida – Matthew Quick

Dez livros que já li e recomendo

 

Resenha (Skoob)

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele ‘lugar ruim’, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um ‘tempo separados’. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.

Saraiva – R$ 19,90

Vamos descobrindo aos poucos o porque de Pat não se lembrar de nada, e apesar do seu jeito “louquinho” você vai se apaixonar por ele e vai torcer para que ele fique com Tiffany no final.

 

Os 13 porquês – Jay Asher

Dez livros que já li e recomendo

Resenha (Skoob)

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Saraiva – R$ 35,10

A ideia é diferente e muito boa, você dificilmente lera algo parecido. Ok! Existe vários livros que abordam o tema suicídio mas esse é contado de uma forma completamente diferente, de outro ponto de vista e você vai se sentir dentro da história.

 

… E por enquanto acabou. Procurei fazer a lista com livros de gêneros ou histórias diferentes, tenho certeza que algum chamara sua atenção.

Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais para não perder nenhum post.

Instagram: @universodeinspiracao

Pinterest: @deinspiracao

Twitter: @deinspiracao

 

Stefani Oliveira
Tem 18 anos, cursa arquitetura e não vive sem música e animais. Nas horas vagas devora livros, desenha rostos e organiza coisas.

Deixe uma resposta